top of page

Hebreu, Israelita ou Judeu? Saiba a diferença.

Atualizado: 24 de fev. de 2022

HEBREU, ISRAELITA E JUDEU.

Embora os termos hebreu, israelita e judeu sejam usados como referência a um povo, é importante saber a origem, o significado e o período que cada uma dessas nomeações passou a ser aplicada na história de Israel. A aliança feita por Deus com Abraão deu um sentido de pertencimento a seus descendentes, mas a forma com que o povo passa a ser chamado foi influenciado pela história de seu neto Jacó e posteriormente pela separação, cativeiro e retorno das tribos de Israel.


HEBREU.

Segundo o livro de Gênesis, Abrão, que posteriormente teve seu nome mudado por Deus para Abraão, vivia com seu pai Tera na cidade de Ur dos caldeus. Um dia Deus revelou-se a Abrão ordenando que ele saísse da casa de seu pai, do convívio com seus parentes e fosse para uma terra que Ele iria lhe mostrar, Deus fez a promessa a Abrão de que esta terra seria sua e que seus descendentes formariam uma grande nação. Em sua jornada rumo a terra prometida o nome de Abrão se torna conhecido, ele passa a ser referido também como o “hebreu”.

Existem três linhas de pensamentos para explicar a origem do termo hebreu. A primeira seria a de que o termo tem sua origem na palavra “habiru” nome dado a povos que viviam como nômades e que invadiram e passaram a habitar em uma região da mesopotâmia. A segunda hipótese levantada é a de que hebreu tem a sua raiz em Héber ou Éber, descendente Sem, um dos filhos de Noé. Segundo o dicionário bíblico Universal, o nome Éber quer dizer vindo do outro lado, atravessar às margens de um rio, numa relação direta com Eufrates. A terceira linha de pensamento é a de que o termo hebreu tem origem no hebraico, ou seja, “atravessar”, essa seria uma referência ao habitante do Leste do Eufrates, que havia atravessado o rio. Talvez Abraão passou a ser conhecido como o hebreu pelo fato de ter atravessado o rio, vindo da outra margem. O fato é que Abraão começou a ser chamado de “O hebreu”, por consequência os seus descendentes também foram chamados de hebreus, principalmente no período em que eles estiveram no Egito. Apesar de ter sido criado por uma princesa egípcia, Moisés era considerado um hebreu por sua origem.


ISRAELITA.

A promessa de Deus feita à Abraão só se realizaria se ele tivesse um filho para dar continuidade a aliança. Abraão era casado com Sarai (Sara), esta era estéreo, como os dois já estavam numa idade avançada, ela sugeriu que ele tivesse um filho com sua escrava Agar. Abraão teve um filho com Agar e lhe deu o nome de Ismael, com o passar do tempo Deus fez com que Sara engravidasse dando a luz a Isaque. Com o passar do tempo houve um conflito entre Sara e Agar, a convivência entre as duas se tornou impossível, como Agar era escrava de Abraão ele mandou que ela fosse embora e deu parte de seus bens a ela e a seu filho Ismael. De Ismael surgiu os ismaelitas, que mais tarde por conta dos conflitos deu origem a vários povos na região da mesopotâmia. O filho de Abraão com sua esposa Sara, Isaque, recebeu a benção de primogênito, o que culturalmente representou herdar os bens e o direito de dar continuidade a genealogia de seu pai. Isaque casou-se com Rebeca, ela ficou grávida e deu a luz a dois meninos, o primeiro a nascer recebeu o nome de Esaú, logo em seguida nasceu Jacó que segurava o calcanhar do irmão. Dentro da tradição como era de costume o pai dava a sua benção para o filho mais velho, Jacó antes de morrer pediu para que Esaú preparasse uma comida para que ele comesse na presença do Senhor, e enquanto ele comia daria a sua benção a Esaú, sua mãe Rebeca ouviu os dois conversando e mandou que Jacó fosse no rebanho e buscasse dois cabritos para que ela preparasse uma comida para seu pai, como Isaque enxergava pouco daria a benção a Jacó pensando ser Esaú. Jacó fez como sua mãe ordenou e Isaque o abençoou, com a benção de primogênito.

Em Peniel depois de pelejar com um anjo durante toda noite, Jacó conseguiu a benção de Deus e teve seu nome mudado para Israel, pois lutou com Deus. Jacó teve doze filhos, um de seus filhos José foi vendido por seus irmãos para uma caravana de mercadores no deserto e acabou chegando no Egito como escravo, futuramente, com a providência de Deus chegou ao posto de governador. Houve grande fome naquela região Jacó e seus filhos tiveram que ir para o Egito em busca de alimento, lá eles reencontraram José que os perdoou. No Egito os descendentes dos filhos de Jacó formaram tribos, que ficaram conhecidas como as tribos de Israel. No deserto ao se referir ao povo hebreu por conta do patriarca Jacó eles passaram a ser chamados com mais frequência de israelitas.


JUDEU.

Após a escravidão no Egito e a peregrinação pelo deserto que durou 40 anos, os israelitas finalmente conquistaram a terra de Canaã. Josué o substituto de Moisés dividiu o território entre as tribos, depois de um longo período Israel tornou-se uma monarquia, o primeiro rei que foi escolhido por Deus através do profeta foi Saul, no entanto, ele desobedeceu a Deus que o rejeitou dando a um jovem chamado Davi o reinado. Davi que era um rei guerreiro, participou de várias batalhas contra os inimigos de Israel, unificou o reino fazendo a nação crescer. Salomão sucedeu Davi em seu reinado, apesar de toda sabedoria Salomão sobrecarregou o povo, quando seu filho Roboão o substituiu o povo se reuniu para coroá-lo e pediu para que ele não fosse tão duro quanto seu pai. Roboão aconselhou-se com os anciões que haviam sido conselheiros de seu pai, eles sugeriram que ele fosse favorável as revindicações do povo, porém Roboão não seguiu as suas instruções, além disso foi buscar orientações dos mais jovens que havia crescido com ele, eles disseram que ele deveria mostrar sua autoridade falando ao povo que; se seu pai Salomão foi duro com eles, ele seria mais duro ainda. Três dias depois quando Jeroboão e povo foi falar com Roboão, ele agiu conforme os mais jovens havia aconselhado e disse ao povo que seu reinado colocaria ainda mais carga sobre eles do que o de seu pai. O povo de Israel se revoltou e começou a gritar contra a casa de Davi dizendo; “Abaixo Davi e sua família!”. As tribos voltaram para casa revoltada com Roboão, a consequência foi a separação das tribos do norte formando o Reino de Israel, somente os que moravam nas terras de Judá permaneceram fiéis a Roboão dando origem ao Reino de Judá ou Reino do Sul.

Através dos profetas que profetizaram para os dois reino, Deus advertiu o povo que se eles se afastassem de seus caminhos seriam novamente escravizados tornando-se cativos de outros povos. O relato bíblico descreve que os reis do Reino do Norte não agiram segundo a vontade de Deus, por isso em 722 a. C o reino foi conquistado e escravizado pelos assirios, o mesmo processo aconteceu com o Reino do Sul que foi conquistado logo depois pelos babilônicos, alguns estudiosos datam 587 a.C quando os Jerusalém foi conquistada e o povo foi exilado na Babilônia. Mais tarde os que retornaram do cativeiro com Esdras e Neemias para reconstruir Jerusalém passaram a ser chamados de Judeus, por conta do local pertencer a região da Judeia e também pelo fato da maioria dos que retornaram pertencer a tribo de Judá. O termo era aplicado apenas aos descendentes de Judá e aos poucos passou a ser utilizado para se referir a todo descente das tribos de Israel espalhados pelo mundo.

No tempo de Moisés ele foi chamado de hebreu por conta de sua origem, já no tempo de Jesus os descendentes de Abraão eram chamados de judeus. Por sua origem e hábitos culturais Jesus era um judeu, a religião praticada pelos judeus posteriormente passou a ser chamada de judaísmo, por conta de Jesus ser visto por seus seguidores como o Cristo, seus discípulos foram denonimados de cristãos. Embora Moisés seja conhecido como hebreu e Jesus tenha sido um judeu, eles são a continuidade de uma mesma aliança feita por Deus com Abraão, e ambos foram incumbidos da mesma missão conduzir as pessoas a Deus e a Terra prometida.


Márcio Fostino


Clique e saiba mais

Para adquirir o livro NAS MÃOS DE DEUS, clique no link abaixo:





6.357 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
bottom of page