top of page

CULTURA RELIGIOSA X ESPIRITUALIDADE (PARTE II).

Atualizado: 24 de fev. de 2022

JOÃO 4:19-23 – “Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta. Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai. Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos; porque a salvação vem dos judeus. Mas a hora vem, e agora é em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem”.

Saindo da Judeia Jesus precisou passar por Samaria para chegar a Galileia. Chegando numa cidade samaritana Ele encontrou uma mulher que retirava água de um poço. Então, Ele lhe pediu água para beber. Sabendo da naturalidade de Jesus, ela disse: “como, sendo tu judeu, pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana?”. Jesus respondeu, que se ela conhecesse o dom de Deus e o que lhe pedira água para beber, lhe pediria, e ele te daria água viva. O poço que ela retirava água era bem antigo, pertenceu a Jacó e seus filhos. Ainda incrédula, a mulher questionou a Jesus sobre como Ele poderia lhe dar de beber sem ter com que retirar água do poço, e disse que Ele não era maior do que o patriarca Jacó. Jesus afirmou que quem bebesse daquela água teria sede; mas aquele que bebesse da água que Ele oferecesse nunca mais teria sede, pelo contrário, quem a bebesse faria com que jorrasse nele uma fonte para vida eterna. Aquela mulher implorou para que Jesus lhe desse de beber. Convencida sobre a autoridade de Jesus, a mulher samaritana quis saber qual era o lugar certo para adorar a Deus, já que os samaritanos adoravam no monte Gerizim, enquanto os judeus tinha no Templo de Jerusalém seu lugar de adoração. Ao responder Jesus ensinou que a forma de adoração a Deus é mais importante do que o lugar em que se adora.

Após a morte de Salomão o reino de Israel se dividiu em dois: Reino de Israel formado pelas tribos do norte e o Reino de Judá constituído pelas duas tribos do sul. O Reino do norte que tinha a sua capital em Samaria foi invadido pelos assírios, com a dominação os israelitas se misturaram com outros povos dando origem aos samaritanos. O aculturamento e a rivalidade dos samaritanos com os vizinhos do reino do sul fizeram com que suas crenças se diferenciassem. Assim como os judeus, os samaritanos também seguiam o Pentateuco, os livros da lei escritos por Moisés, porém, por causa de sua cultura pagã eles alteraram muitos pontos destes livros. Os samaritanos acrescentaram aos Dez Mandamentos o mandamento que o lugar de adoração deveria ser o monte Gerizim. Como Jerusalém e o Templo se tornaram lugares sagrados para os judeus, os samaritanos rejeitaram os escritos históricos, assim como os profetas contidos na Bíblia judaica (Tanakh). Para os samaritanos, foram os judeus quem se afastaram deles e acusam o profeta Elias de ser o mentor desta separação.

Assim como outras culturas influenciou nas crenças e na espiritualidade dos israelitas a ponto de dividir o povo, o sincretismo religioso muitas vezes tem desvirtuado a fé cristã. Já no primeiro século elementos do mitraismo ( culto ao deus mitra) foram incorporados ao cristianismo, o exemplo disso é o Natal, quando se comemora o nascimento de Jesus, na verdade o 25 de dezembro era dedicado ao deus Mitra. O cristianismo também experimentou algumas transformações culturais e de culto no continente americano fruto do sincretismo religioso, causado em grande parte pela influência de religiões de matriz africana, orientais e outras religiões. Provavelmente a maioria dos membros e até mesmo lideres de muitas denominações cristã não fazem distinção de tais influências, no entanto, um olhar minucioso nas Escrituras sagradas e sobre culturas religiosas diversas do passado ajuda a discernir aquilo que é realmente fonte da fé em Cristo.

Quando Jesus disse para aquela mulher que a salvação vem dos judeus, Ele estava afirmando que o Cristo viria de uma raiz judaica. Os samaritanos rejeitavam os profetas de Israel, porém a crença da vinda do Messias tem forte ligação com os escritos dos profetas como Isaías. Uma das profecias de Isaías dizia: “Porque brotará um rebento do tronco de Jessé, e das suas raízes um renovo frutificará. E repousará sobre ele o Espírito do Senhor, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do Senhor”(Is 11:1-2). Jessé era o pai de Davi “o grande rei de Israel” eles pertenciam à tribo de Judá. Aquela mulher samaritana estava retirando água em um poço que há centenas de anos atrás havia pertencido ao patriarca Jacó, filho de Isaque e neto de Abraão. Antes de morrer, Jacó (Israel) abençoou seus doze filhos, eles deram origem as doze tribos de Israel, ao abençoar seu filho Judá, ele disse: “Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de seus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão. 9 Judá é um leãozinho; da presa subiste, filho meu. Encurva-se e deita-se como um leão e como um leão velho; quem o despertará? 10 O cetro não se arredará de Judá, nem o legislador dentre seus pés, até que venha Siló; e a ele se congregarão os povos” (Gn 49:8-9); o cetro representa o poder do rei, Judá foi abençoado por seu pai, portanto o reinado em Israel sempre viria de seus descendentes. Jesus é chamado de leão da tribo de Judá. Os samaritanos haviam se desviado da fé, os judeus não tinha a plena compreensão. Os samaritanos achavam que deveriam adorar a Deus no monte Gerizim, já os judeus acreditavam que o Templo era o local correto, mas Jesus ensinou que a espiritualidade se encontra adorando em espírito e verdade. O Apóstolo Paulo diz no capítulo 12 da carta aos Romanos: “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Rm 12:2). Jesus é o nosso lugar de adoração, o caminho para que possamos exercer a verdadeira espiritualidade cristã.


Márcio Fostino.


Clique e saiba mais:


Para adquirir o livro NAS MÃOS DE DEUS, clique no link abaixo:






92 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
bottom of page