top of page

DEVEMOS SER O SAL DA TERRA.

Atualizado: 24 de fev. de 2022

MATEUS 5:12-13- “Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens”.

Jesus disse aos discípulos que eles seriam bem aventurados, quando fossem perseguidos e injuriados por segui-lo. Ele os lembra de que os profetas que vieram antes deles também sofreram perseguição, no entanto, eles receberiam uma grande recompensa no céu. Jesus continua o sermão dizendo: “Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens”. Naquela época o sal era usado não só para dar sabor aos alimentos, como também servia para conservar a carne. Eles haviam sido chamados para que a corrupção moral não apodrecesse o mundo. Assim como o sal se eles se tornassem insípidos não serviriam para mais nada ao não ser pisados. Ao longo do Mar Morto havia depósitos de sal. O sal continha não só cloreto de sódio, mas também uma variedade de outros minerais. Ao tomar muita chuva, ao longo dos anos, o sal podia perder o sabor e não servir mais, a não ser para construir as estradas.

O sal já foi algo tão precioso que motivou guerras, através dele grandes impérios foram erguidos. Para os judeus o sal é símbolo da aliança eterna do povo de Israel com Deus. Os seguidores do judaísmo molham o pão do Shabat no sal, na sexta feira. Na liturgia católica, o sal do batismo é associado à longevidade e vida eterna, no momento que está sendo batizada, a mãe pode colocar uma pitada de sal nos lábios da criança para lembrar que ela é o “sal da terra”. Durante a Idade Média existiram grandes e poderosos Impérios na África. Nos séculos 9 e 10 o Império de Gana era um dos mais importantes do mundo. Além do ouro, o sal era um dos principais produtos comercializados. Os povos da região começaram a se converter ao islamismo. Como se recusou a converter-se ao Islã, o Império Gana foi perdendo a força até ser conquistado. No século 11 Mali que pertencia ao Império de Gana conquistou a sua independência e no século 12 adotou o islamismo. O Império de Mali que substituiu o Império de Gana passou a controlar todo comércio local e no Mediterrâneo chegando a ser o mais rico do mundo. Até 100 anos atrás o sal era um dos mais importantes produtos a ser comercializados pelos povos, já que também era usado para conservar os alimentos. Embora não perceba sua importância, ainda hoje é um dos principais produtos para a humanidade, pois além de realçar o sabor dos alimentos, o sódio é vital para a nossa sobrevivência.

Jesus lembrou aos discípulos o quanto eles eram importantes para estabelecer o Reino de Deus na terra. Ele lhes deu a missão de levar a mensagem que daria sabor e vida ao mundo. Algumas falas e pensamentos levam a atitudes que contaminam e fazem com que o mundo siga o caminho de deterioração, como se as sociedades estivessem entrando em ruína e a vida de muitas pessoas perdendo o sentido. Vivemos dias da pós-verdade onde a maneira de pensar baseada nas emoções e crenças pessoais busca modelar a opinião pública, abrindo mão de valores importantes para a humanidade. É preciso que tenhamos a visão de valorização do direito à vida. Jesus ensinou e mostrou a importância de cada pessoa. Ele fez discípulos e pediu para que eles fossem e fizessem a diferença no mundo. Todos aqueles que seguem os seus passos não devem se esquecer de que são chamados para ser o “sal da terra”.


Márcio Fostino.


Clique e saiba mais:


Para adquirir o livro NAS MÃOS DE DEUS, clique no link abaixo:






176 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
bottom of page