top of page

RELATO PERFEITO SOBRE JESUS.

Atualizado: 24 de fev. de 2022


LUCAS 1:1-4 – “Tendo, pois, muitos empreendido pôr em ordem a narração dos fatos que entre nós se cumpriram, - Segundo nos transmitiram os mesmos que os presenciaram desde o princípio, e foram ministros da palavra, -Pareceu-me também a mim conveniente descrevê-los a ti, ó excelente Teófilo, por sua ordem, havendo-me já informado minuciosamente de tudo desde o princípio; -Para que conheças a certeza das coisas de que já estás informado.”

Lucas era médico grego convertido à fé cristã. Ele foi companheiro de Paulo de Tarso em suas viagens missionárias pela Ásia, além de cuidar da saúde do Apóstolo ele também ajudou na pregação do evangelho. Ele decidiu escrever um relato sobre a vida e o ministério de Jesus, a fim de alcançar Teófilo, um homem de origem nobre. Para sua empreitada, Lucas utilizou como fonte o Evangelho de Marcos e a narrativa de testemunhas que acompanharam Jesus durante sua obra redentora. Além de exercer a medicina, ele tinha uma grande habilidade para contar histórias seguindo o estilo dos historiadores gregos daquela época. Lucas explicou de onde tirou suas narrativas, como se deu a preparação para escrever e, por qual motivo estava escrevendo. Lucas não foi testemunha dos acontecimentos, por isso, deixa claro que os seus relatos basearam-se na narrativa de testemunhas oculares de tudo aquilo que ocorreu com Jesus. Além de presenciarem os acontecimentos desde o princípio, os discípulos se tornaram ministros da palavra, responsáveis por retransmitir a mensagem anunciada por Jesus.

Seguindo a linha de um bom historiador grego, Lucas procurou descrever de forma cronológica a história de Jesus. Sua narrativa faz uma abordagem com início, meio e fim, que vão desde o anúncio da gravidez de Maria até a morte e ressurreição de Jesus. Este evangelho fala sobre a essência da pregação de Jesus, bem como o impacto causado na vida das pessoas após ter um encontro com Ele. Jesus é apresentado com sua natureza divina, denominado o “Filho de Deus”, porém, volta atenção para sua humanidade apresentado-o também como “Filho do homem”, enfatizando sua compaixão para com aqueles que sofrem tendo empatia com os mais fracos, já que Ele deixou a sua glória para viver todas as dores e presenciar todas as injustiças deste mundo. Lucas mostra o quanto Jesus valorizou as pessoas que pertenciam a grupos marginalizados por aquela sociedade: Mulheres, estrangeiros, pobres, doentes e pecadores. Ele mostra que Jesus veio para que todos pudessem alcançar a salvação, não só os judeus, mas pessoas de todos os povos, pois Deus não rejeita ninguém que o busca.

Ao escrever um evangelho Lucas fez o mais perfeito relato sobre Jesus, anunciando as boas novas ao falar sobre a sua origem, seus ensinamentos e o propósito de sua vinda. Podemos receber os ensinamentos de Jesus através de outras pessoas, ou até mesmo ver sua atuação por intermédio da transformação da vida de alguém, no entanto, precisamos conhecê-lo pessoalmente. Neste sentido o Evangelho de Lucas nos apresenta um Jesus capaz de transformar vidas e de conceder o dom da vida eterna. Lucas foi um médico que entendia sobre curas, desta forma pôde compreender perfeitamente a essência do ministério de Jesus, que veio para trazer cura para alma doente, o próprio Jesus disse: “E Jesus, respondendo, disse-lhes: Não necessitam de médico os que estão sãos, mas, sim, os que estão enfermos; Eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores, ao arrependimento”. Jesus veio ao mundo para trazer arrependimento e salvação aos homens. Ele também veio para dar voz aos excluídos, trazer justiça para aqueles que são oprimidos e injustiçados. Precisamos conhecê-lo, nos tornamos íntimos dele, pois só assim aprenderemos a julgarmos menos e a amarmos mais, a amparar os oprimidos e os excluídos como um bom discípulo que segue os passos do seu mestre.


Márcio Fostino.


Clique e saiba mais:


Para adquirir o livro NAS MÃOS DE DEUS, clique no link abaixo:







121 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
bottom of page